20 de janeiro de 2012

p. 85

A monotonia comprime o tempo, a novidade o expande. Você pode se exercitar, ter uma alimentação saudável e viver uma vida longa, mas experienciar uma vida curta. Se passar a vida sentado num cubículo lidando com a papelada, um dia vai passar sem memória e se fundir com o seguinte... e desaparecer. Por isso, é importante mudar a rotina, passar férias em lugares exóticos e ter o máximo possível de experiências novas que possam servir de âncoras para nossa memória. Criar novas memórias estende nosso tempo psicológico e prolonga a percepção de nossa vida.

Moonwalking with Einstein, de Joshua Foer (tradução de Mônica Friaça).

Um comentário:

guilherme disse...

Um dos melhores parágrafos que já li.

Infelizmente por oito horas diárias a monotonia impera nesses dias...

Mas, espero conseguir mudar isso em breve.

Abraços.